segunda-feira, julho 18, 2016

Vereador, o representante do povo no município


Há muito tempo tenho vontade de escrever sobre isso, mas protelei; porém não vejo hora melhor, já que as eleições estão se aproximando.
Todos sabem que municipalmente eu tenho um partido; porém, esqueçam isso enquanto estiverem lendo o texto, esqueçam seus partidos ou preferências também. Pensem como cidadãos que estão cansados do caos na política brasileira, que querem mudança e sabem que sempre partirá da base, do nosso redor, de perto de nós! 
Pensem também: os vereadores são pagos por nós, recebem todo mês um salário muito maior que muitos dos nossos (R$: 2.633,00 que foi a remuneração liquida de um vereador em um dos meses desse ano).
Você sabia que nesses quatro anos se ele exerceu o mandato por todos os meses vai receber um total de cerca de 126 mil reais? Isso tudo para TE representar.
É justo eles receberem isso para participar de uma sessão por semana, apenas para debater assuntos triviais? Será que eles estão cumprindo com as suas reais funções? Será que não dá para eles fazerem mais?
O que o teu candidato, se eleito, fez nesses 4 anos? Valeu a pena? É hora de refletir...
Nesses 4 anos nenhum dos vereadores apresentou algum projeto de Lei, e eles podem fazer isso. Podem pleitear recursos junto a seus representantes estaduais e federais e trazerem verbas a seus municípios. Em 4 anos os vereadores se limitaram a fazer moções e indicações, o que eu acho muito pouco... e se você participa das sessões ou acompanha as transmissões pela rádio deve saber disso.
Não esperamos só isso de nossos representantes. Esperamos que eles tragam o problema, sugiram e batalhem por soluções: afinal é por isso e para isso que eles estão lá.
O que vemos sempre são dois lados, a oposição e a base duelando em discursos que, na maioria das vezes, não levam a nada. Geralmente o que acontece é que se a oposição for maioria o prefeito terá dificuldades na administração, pois eles ou vetarão ou adiarão decisões, e se a maioria dos vereadores for da base eles esquecem que seu papel é fiscalizar as contas da prefeitura e deixam de representar fielmente os cidadãos que os elegeram.
Os vereadores precisam pensar na sociedade e não em seus interesses políticos.

Vamos deixar de fazer papel de bobos, brigando por causa de partidos e pensar em uma forma de nos beneficiarmos como cidadãos a partir de nossas escolhas nas próximas eleições. Analisem seus candidatos: você acha que ele já fez ou fará a diferença ou ele está em busca do cargo por dinheiro ou status?


Apenas para lembrar:

O Poder Legislativo é a instância, a casa, de representação do povo, Este poder deve trabalhar na fiscalização do Poder Executivo e na apresentação e votação de leis e projetos. Na esfera municipal é formado pelos vereadores. O vereador é o membro da Câmara Municipal. Ele, por exemplo, elabora e vota as leis municipais. Compete também ao vereador:
• Eleger a mesa diretora da Câmara de Vereadores e das comissões.
• Elaborar o Regimento Interno da Câmara Municipal.
• Comparecer às reuniões das comissões.
• Comparecer às sessões plenárias.
• Votar as proposições submetidas à deliberação da Câmara Municipal.
• Legislar sobre assuntos de interesse local.
• Suplementar a legislação federal e estadual.
• Legislar sobre tributos municipais.
• Apresentar projetos de lei, decretos legislativos, resoluções e emendas.
• Formular requerimentos, moções, indicações;
• Emitir pareceres.
• Participar de debates e votações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário