sábado, dezembro 23, 2017

PRIMEIRA EUROTRIP


Estou aqui me preparando para uma super viagem. Já era tempo de eu conhecer o velho mundo e toda a história presente em cada uma de suas esquinas, praças e muros. É hora de ir ao encontro a origem dos meus antepassados e de colocar um pouco mais de cultura em meus dias.
Nos próximos 21 dias irei conhecer cinco países e estarei em oito cidades: Frankfurt, Londres, Paris, Bruxelas, Bruges, Bremen, Hamburgo e Amsterdam. Viajarei de avião, barco, trem, ônibus, Uber, passearei de bicicleta e gastarei muito a sola das minhas botas, pisando sobre pedras milenares e quem sabe sobre a neve.
Serão 504 horas, onde terei contato com palavras que nunca ouvi na vida, onde conhecerei pessoas das mais diferentes origens e reencontrarei velhos e bons amigos. Provarei comidas diferentes, conhecerei fabricas de cervejas, museus e verei com meus próprios olhos, paisagens que cresci assistindo pela TV.
Meus companheiros nessa aventura serão meus amigos de longa data, parceiros de tantos réveillons nas praias de SC e dos tempos de vacas magras de universitários em Lages.  Tenho certeza que nessa viagem usaremos antigos bordões e criaremos memórias que contaremos a nossos filhos um dia. Falaremos “London, Baby” na Inglaterra, iremos rir muito na França tentando falar o idioma local, descobriremos o que a Bélgica tem a nos oferecer, pediremos “Ich möchte ein Beer bitte” na Alemanha e na Holanda veremos prostitutas em vitrines.
Vou para essa viagem, com a mesma certeza de que saio para todas elas, a de que voltarei com as malas cheias de recordações. Parto com a certeza de que viajar nos faz crescer, que muda nossa forma de ver o mundo, de ver as pessoas que nos cercam, que expande nossa mente e que viagens são uma formas de obter conhecimento com muito prazer.
Nos desejem boa viagem, e nos acompanhem pelo blog. Vamos juntos desvendar o velho mundo!

terça-feira, dezembro 12, 2017

ENCANTO E BELEZA EM CADA DETALHE DA CASA DO PAPAI NOEL


Este ano a casa do Papai Noel está ainda mais bonita e aconchegante, esperando sua visita. Temos certeza de que você irá se apaixonar por cada detalhe da casa do bom velhinho.
A nova casa do Papai Noel está instalada próxima ao trevo da cidade, na réplica da casa do patrono do Município, o senhor Alfredo Wagner. Uma casa no estilo germânico do início do século 20, toda em madeira que por si só já é um espetáculo, mas a noite, toda enfeitada, sua iluminação encanta, mas acredite, o melhor ainda está dentro dela.
No interior da casa, cada detalhe foi pensado para que a magia do natal esteja presente. O quarto do Papai Noel, com sua cama e suas roupinhas organizadas. A cozinha, com a Mamãe Noel preparando quitutes, esperando pelos visitantes. A biblioteca, onde ele todos os anos lê as milhares de cartinhas que recebe. A fábrica de brinquedos e até o banheiro da casa, tudo em clima de Natal.

Chegando lá, pode entrar! A casa está com as portas abertas das 08:00h até ás 22:00h e o Papai e a Mamãe Noel estão esperando por você! 

Aproveite, hoje dia 12/12, ás 20:00 horas saí um tour de bicicleta que passará pela casa e no dia 14/12 (quinta) é dia de ir até a casinha para garantir uma foto com o Papai Noel (das 20:00h ás 21:00h).

























PEDAL DA INTEGRAÇÃO REÚNE CICLISTAS EM ALFREDO WAGNER



Quase 50 ciclistas participaram do Segundo Pedal da Integração e tiveram um componente cultural no meio do percurso de 35 km que foi vencido neste domingo pelas montanhas de Alfredo Wagner: uma parada no Museu de Arqueologia de Lomba Alta para repor as energias e alimentar o espírito.
O Museu de Lomba Alta foi o local de encontros dos ciclistas de Alfredo e grande Florianópolis que partiram da Praça da Bandeira de Alfredo Wagner com aqueles que saíram da Praça 7 de Setembro, de Bom Retiro. No Museu eles foram recepcionados por uma mesa de frutas e tiveram tempo para uma visita guiada ao local que guarda testemunhos da história do Alfredo Wagner e vestígios da pré-história da região.
Os dois grupos pedalaram até o Museu pelo leito da “Estrada Velha”, a antiga ligação entre a Serra e o Litoral do estado, aberta como picada quando Lages ainda pertencia ao Estado de São Paulo e transformada em estrada de rodagem no início do século 20, hoje substituída pela BR 282.
Além da parte cultural o caminho ainda reservava muita adrenalina e contemplação. Downhill, mirantes, grutas, cachoeiras e uma floresta de pinheiros fascinaram os ciclistas que se aventuraram pelo caminho.
Ao chegarem até o destino final, churrasco e sorteio de brindes, com um rio e uma cacheira convidando a um mergulho, recuperando assim as energias e retornaando até o centro.

O Segundo Pedal da Integração foi uma iniciativa do Conselho Municipal de Turismo de Alfredo Wagner através de seu Núcleo de Pedal e do grupo MTB Bom Retiro, com apoio da Loja Apache, CyclesBeto e Desafio Bom Retiro de MTB.

Imagens: Manuela Schutz Mariani e Carol Pereira