quarta-feira, agosto 29, 2018

Eva - Por onde andou no Barracão


O primeiro livro da Eva Schneider é ambientado no Barracão, hoje cidade de Alfredo Wagner. Quem não conhece a cidade fica imaginando como são, realmente, os lugares por onde a nossa Eva passou, então resolvi fazer uma postagem com imagens dos locais por onde a nossa pequena aventureira andou.

O conto um, chamado “O terrível Martinho Bugreiro” é todo ambientado no Caeté, local onde os tios de Eva vivem. Na imagem abaixo podemos ver o livro, junto com as flores de Caeté, que dão nome a localidade e também ao rio que a corta. É nessa localidade que Eva vive grande parte de suas aventuras, é lá que ela toma banho de rio, cavalga com Artigas, desvenda enigmas....


Seguindo o livro, chegamos ao capitulo dois, chamado “Os guardados do Campo dos Padres”, é lá onde Eva encontra os guardados, aos pés dos Soldados, que particularmente é um dos lugares que mais amo no mundo inteiro. Além de maravilhoso, a energia do lugar é fantástica! Inclusive, como não iria demorar a acontecer, o local começou a ficar muito conhecido e apareceu nas imagens do Globo Repórter do dia 24/08! Lá até hoje existem pumas e bugios.


O terceiro capitulo se chama “O estranho encontro com o Soldadinho”. Nele Eva está na região das Demoras e do Soldadinho. No Conto estava nevando, às vezes as pessoas podem ficar se perguntando, mas em Alfredo Wagner neva? Neva! A imagem mostra a neve de 2013 cobrindo os campos das Demoras. Lindo e frio!



“O presente da Imperatriz” é o quarto capítulo do livro e se passa na comunidade de Santa Teresa, hoje conhecida como Catuíra. A igreja nova foi construída no local onde ficava a antiga, onde Eva ajudou a capturar o ladrão da santa doada pela Imperatriz. Na segunda foto podemos ver a igreja antiga. Nesse conto também lemos a divertida história de Sabu ouvindo o barulho do aeroplano. Na terceira imagem temos o morro do camelo, em que a “lenda” conta que um avião bateu, arrancando a vegetação”.




“O amigo Katze” é o quinto capítulo e nele Eva encontra Katze, o Leão Baio que passa a ser seu amigo. Na imagem, um autêntico leão baio alfredense. Rsrs. A fêmea foi fotografada pelas câmeras da RPPN Rio da Furnas, aqui de Alfredo Wagner.


O sexto capítulo é cheio de adrenalina e é onde Eva conhece o grande amigo de seu pai Dr. Henry. “Quebra Dentes e a lenda do tesouro Inca” é ambientado no Quebra Dentes, hoje conhecido como São Leonardo. Na foto Eva está em frente ao antigo hotel da comunidade, que abrigava os viajantes e onde – graças a licença poética – Eva teria ficado hospedada.


Uma parte do capítulo oito “A Cobra e a Bruxa” se ambienta na Lomba Alta. Nele eles conhecem a gruta do Poço Certo. Na foto, temos uma aluna com o chapéu da Eva, na gruta apresentada a nossa pequena aventureira por seus “irmãos” Ceci e Sabu.


O conto “A erva rejeitada por Deus” leva o leitor literalmente para as alturas. No nono capítulo Eva precisa ir até o alto da Pedra Branca para encontrar a erva que Deus rejeitaria, enviando novamente para cima do penhasco. Nas fotos, temos a visão da Pedra Branca e também a imagem que se vê de cima de dela. No vídeo, assistimos um acontecimento semelhante feito com pratos de papelão. Existe uma explicação científica, tanto para os pratos como para as ervas voltarem, mas ficaremos com a versão de que Deus selecionou aquela erva para salvar o nosso Sabu.




Mais um conto que mostra lugares emblemáticos de nossa cidade é o décimo primeiro “O enigma da Ponte. A ponte Emilio Kuntze está na memória e no coração de muitos Alfredenses, era ponto de encontro, era histórica, marcava a nossa identidade. Infelizmente foi desativada e derrubada na década de 80, para dar lugar a uma mais moderna, porém ela permanece intacta nas lembranças de todo mundo que viveu naquela época.


Tem foto do livro da Eva em algum lugar legal? Nos mande, pra uma postagem especial! =) 


2 comentários:

  1. Bárbaro, Carol!! Genial aobtafem, adirei! Bota aí as fotif que msndei, de Eva na Redonda de Icapuí, Ceará. Sim!!

    ResponderExcluir
  2. Bárbaro, Carol!! Genial, adorei! Bota aí as fotof que mandei, de Eva na Redonda de Icapuí, Ceará. Sim!!

    ResponderExcluir