sexta-feira, julho 13, 2012

Casa


Ouço os grilos cantando, barulho do vento mexendo de leve nas árvores
Respiro um ar familiar, que tem o poder de me afagar os pulmões
Até a agua tem outro sabor.
Não Ouço barulho de carros, de pessoas
Ouço apenas o silencio da noite...
Barulho do Rio
Um gato passando
Quase posso ver a paz da minha alma.

Carol Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário