segunda-feira, janeiro 16, 2017

Deserto do Atacama - Dia 7 - Geyseres del Tatio



Para o sétimo dia de viagem contratamos um tour para nos levar até os Geyseres del Tatio. Pagamos 18.000 mil pelo guia e transporte e mais 10.000 mil para entrarmos no parque.
Acordamos cedo – 3:30 da madrugada – e nos preparamos para enfrentar um frio que vai de -6 a -10 graus.
A atividade termal de Tatio envolve uma área aproximada de 10km² incluindo Geyseres, fumarolas, águas e tanques de barro e água fervendo. A água submetida a alta pressão busca saída para a superfície através de fissuras, assim formando os geyseres, a água alcança uma temperatura de até 85cº e suas fumarolas se lançam a mais de 10 metros do solo. Os geyseres se originaram pelo contato de águas subterrâneas frias com rochas quentes, e os mananciais quentes de El Tatio dão origem ao “Rio Salado”. Eles ficam na Alta Cordilheira Andina, distante 98km de San Pedro, em uma altitude de 4320 metros. O geysere del Tatio, é terceiro maior Geyser do planeta e também o mais alto do mundo.


Assim que chegamos nosso guia nos serviu um café, o frio estava realmente intenso e parecia uma insanidade entrarmos na água com aquele frio, mas entramos, após passear pelo parque. Foi difícil tirar a roupa, mas ao mesmo tempo recompensador. Parecíamos crianças dentro daquela piscina de água termal, quando saímos a temperatura já havia subido um pouco, mesmo assim batemos queixo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário