quarta-feira, novembro 16, 2016

Coloque sua história aqui

26 comentários:

  1. Eva Schneider em: O barulho
    Eva acorda com um barulho dos tios conversando,-Vou ver qual é o barulho,e o tio Albert pega a arma e o tio monta no cavalo e vai atrás do barulho e vai com velocidade na estrada.E Eva pergunta-tia Matilde onde o tio Albert foi?
    Foi ver qual era o barulho, -como que é o barulho -é assim au-au-au. Eu acho que é lobo!!!Eva pergunta- Ele foi de cavalo?-sim!-tia cade o ceci e o sabú-no quarto,e eva chama-Ceci sabú ,vem cada um pega um cavalo.
    E eles vão de atrás do tio Albert com os cavalos correndo muito e eles avistaram o tio. -Tio da onde vem o barulho -de dentro do mato, e o tio entra na mata e ele vê uma sombra e Eva pergunta- tio o que tem ai?-não sei ainda.E o tio Albert carrega a arma e o cachorro pula e o tio leva um susto.-tio você esta bem?- sim foi só um cachorro .Eva fala-Tio posso ficar com o cachorro.- ta mais cuide dele.-Ceci e Sabú vamos dar um nome para o cachorro. Ceci diz bhilli,Sabú e Eva concordaram com o nome e agora vamos para casa -Eva fala-tia olha o Bhilli e tia pergunta-quem é o Bhlli- é um cachorro tia. Tio Albert fala – já está ficando tarde vamos todos dormir


    Assim chegamos ao fim de uma história os partisipantes são: Eva,Matilde,Albert,Sabú e Ceci.
    Alunos:Antoni e Sofia 4ºmatutino

    ResponderExcluir
  2. Eva Schneider em: O barulho
    Eva acorda com um barulho dos tios conversando,-Vou ver qual é o barulho,e o tio Albert pega a arma e o tio monta no cavalo e vai atrás do barulho e vai com velocidade na estrada.E Eva pergunta-tia Matilde onde o tio Albert foi?
    Foi ver qual era o barulho, -como que é o barulho -é assim au-au-au. Eu acho que é lobo!!!Eva pergunta- Ele foi de cavalo?-sim!-tia cade o ceci e o sabú-no quarto,e eva chama-Ceci sabú ,vem cada um pega um cavalo.
    E eles vão de atrás do tio Albert com os cavalos correndo muito e eles avistaram o tio. -Tio da onde vem o barulho -de dentro do mato, e o tio entra na mata e ele vê uma sombra e Eva pergunta- tio o que tem ai?-não sei ainda.E o tio Albert carrega a arma e o cachorro pula e o tio leva um susto.-tio você esta bem?- sim foi só um cachorro .Eva fala-Tio posso ficar com o cachorro.- ta mais cuide dele.-Ceci e Sabú vamos dar um nome para o cachorro. Ceci diz bhilli,Sabú e Eva concordaram com o nome e agora vamos para casa -Eva fala-tia olha o Bhilli e tia pergunta-quem é o Bhlli- é um cachorro tia. Tio Albert fala – já está ficando tarde vamos todos dormir


    Assim chegamos ao fim de uma história os partisipantes são: Eva,Matilde,Albert,Sabú e Ceci.
    Alunos:Antoni e Sofia 4ºmatutino

    ResponderExcluir
  3. O sumiço de Sabú

    Meu nome é Eva Schneider, tenho doze anos. Tenho dois amigos. Eles se chaman Ceci e Sabú, nós adoramos aventuras.
    Certo dia, resolvemos viajar pelo mundo, durante a viagem aconteceu uma tempestade e o barco afundou. Então eu e Ceci nadamos até a praia. Quando nos demos conta, percebemos que havíamos nos perdido de Sabú.
    Passamos vários dias por ali, nadamos nas redondezas daquele lugar mas não encontramos Saú. Estávamos com fome quando de repente uma senhora nos oferece comida, aceitamos logo de cara pois estávamos famintos. Não saimos daquele lugar, começamos a trabalhar, vendendo picolé na praia. Pois tinhamos esperança de reencontrar Sabú.
    Passaram-se meses, estávamos desaminados. Achamos que nunca mais fossemos encontrar Sabú, quando de repente ele apareceu. Ficamos super felizes e decidimos nunca mais nos separar, pois o tempo que ficamos separados foi muito triste.
    Agora percebi que devemos valorizar nossas amizades e aqueles que amamos.

    ResponderExcluir
  4. O sumiço de Sabú

    Meu nome é Eva Schneider, tenho doze anos. Tenho dois amigos. Eles se chaman Ceci e Sabú, nós adoramos aventuras.
    Certo dia, resolvemos viajar pelo mundo, durante a viagem aconteceu uma tempestade e o barco afundou. Então eu e Ceci nadamos até a praia. Quando nos demos conta, percebemos que havíamos nos perdido de Sabú.
    Passamos vários dias por ali, nadamos nas redondezas daquele lugar mas não encontramos Saú. Estávamos com fome quando de repente uma senhora nos oferece comida, aceitamos logo de cara pois estávamos famintos. Não saimos daquele lugar, começamos a trabalhar, vendendo picolé na praia. Pois tinhamos esperança de reencontrar Sabú.
    Passaram-se meses, estávamos desaminados. Achamos que nunca mais fossemos encontrar Sabú, quando de repente ele apareceu. Ficamos super felizes e decidimos nunca mais nos separar, pois o tempo que ficamos separados foi muito triste.
    Agora percebi que devemos valorizar nossas amizades e aqueles que amamos.

    Lucas Nunes da Silva Passig

    ResponderExcluir
  5. Eva Schneider em: A armadilha da floresta
    Depois de muito tempo que Eva, Ceci e Sabú não viam Katze, Eva vai para a cozinha, chega perto da janela, olha para a mata e fala para si própria:
    -Devo voltar para a minha cama, mas onde Katze deve estar?
    Tia Matilde ouve Eva, vai para a cozinha e fala:
    -Eva! O que você está fazendo aqui há esta hora da madrugada?!
    Eva assustada e preocupada com Katze, abraça a tia e começa a chorar, Tia Matilde diz:
    Se acalme Eva, também estou triste por Katze não estar aqui.
    Tio Albert, Ceci e Sabú ouvem o choro de Eva, correm para a cozinha e falam:
    - Eva? O que aconteceu? Por que você está chorando?
    Tia Matilde Acalmando Eva fala:
    - Eva sente falta de Katze...
    Ceci, Sabú e Eva não conseguem dormir, pois estão com saudades de Katze.
    Na manhã seguinte, todos estavam tomando café, quando Ceci ouve um rugido, coloca sua xicara na mesa, abre a porta, e corre para o pasto. Eva fala:
    -Sabú! O que aconteceu???
    Sabú também não sabia o que havia acontecido, quando ouvem Ceci gritando:
    -Katze! Katze! Katze!
    Todos felizes correm para o pasto junto com Ceci e abraçam Katze,todos dão gargalhadas e choram ao mesmo tempo.
    Ceci,Sabú, Eva e Tia Matilde voltam para dentro de casa, logo se passaram alguns minutos. E Tio Albert chega assustado falando:
    - Estão caçando Katze!!!
    Eva, Tio Albert e Sabú vão atrás do caçador, Tio Albert com sua espingarda, Sabú com sua Lança e Eva com Artigas.
    Tia Matilde e Ceci ficaram em casa, pois nenhum caçador ou ladrão poderia entrar lá.
    Eva, com Artigas no meio da floresta, ouvem o rugido de Katze, e faz com que Artigas cavalgue mais rápido, quando chegam, Eva vê Katze preso numa jaula de Bambu.
    Foi então que Eva teve uma ideia:
    Eva foi atrás de Tio Albert e Sabú, quandos os encontrou falou:
    - Encontrei Katze! E já tenho um plano para liberta-lo!
    - E que plano é esse Eva?
    Dizem Tio Albert e Sabú...
    Eva fala:
    - Tio Albert! Você vai distrair o caçador com o barulho a sua espingarda! Sabú! Você vai fazer uma armadilha para pegar aquele caçador de vez! E eu, vou tirar Katze daquela jaula!!!
    Sabú pegou cipós de árvores e foi fazendo sua armadilha, Tio Albert ficou escondido na mata com sua espingarda e Eva foi em direção da jaula onde Katze estava preso.
    Tio Albert atira para cima, fazendo barulho e chamando a atenção do caçador. O caçador fala: -Quem está aí?
    Eva tenta desamarrar a jaula para libertar Katze.
    O caçador vê Eva e atira em sua direção acertando Katze.
    Sabú furioso pula da árvore em cima do caçador com sua lança.
    O caçador assustado corre em direção à armadilha que Sabú havia feito anteriormente, e fica preso na armadilha.
    Eva solta Katze da jaula e com ajuda de Sabú e Tio Albert, coloca Katze em cima de Artigas.
    Eva e Sabú vão para a casa, para tratar do ferimento de Katze.
    Enquanto isso, Tio Albert foi avisar ao Intendente que haviam caçadores na mata.
    Quando Eva e Sabú chegam em casa, Tia Matilde já estava preocupada, Ceci fez uma receita indígena para curar Katze.
    Katze se recupera, o caçador é preso e nunca mais voltará para aquela mata.

    ResponderExcluir
  6. Eva Schneider em: Perdida na caverna
    Certa vez Eva, convidou seus amigos para passar à tarde no campo, já que ela adorava aventuras, planejaram brincar de esconde – esconde pega – ladrão, pata cega, entre outras brincadeiras que adoravam.
    Numa dessas brincadeiras Eva resolveu pregar ema peça em seus amigos, ao se esconde ela entrou em uma caverna, essa caverna não era conhecida de Eva, e ela se encantou com as figuras desenhadas nas paredes e foi entrando, distraindo-se com o que via que nem percebeu que havia esquecido os amigos.
    No campo, os amidos de Eva apavorados a procura dela por horas e não a encontravam, mal podiam imaginar que ela teria ido até a caverna que ficava próxima dali.
    Eva continuava distraída com o quem encontrava na caverna, a medida que ela ia caminhando mais pro fundo ela ia, e mais surpresas tinha.
    Quando percebeu já era noite, ficou com um pouco de medo, e correu para fora da caverna, mas não encontrou seus amigos.
    Eva suspirou fundo, sentou-se... E nisso ouviu gritos e viu luzes... Eva! Eva!! Eram seus tios e seus amigos com lanternas a procura dela.

    Eva sorriu aliviada: - Estou aqui em mais uma aventura sã e salva.
    Aluno: Yuri

    ResponderExcluir
  7. Eva Shneider em: Uma grande saudade
    Em um dia em que a nostalgia machucava o coração, Eva saiu para cavalgar com seu fiel companheiro . Naquele dia os cascos de Artigas batiam forte nas do estreito caminho que levava às montanhas do alto rio Caeté, onde Eva esperava abrandar uma saudade pulsante do pai falecido e de uma mãe que sequer conheceu.
    Quando já estava no alto, desceu do cavalo, à beira de uma linda cachoeira, para que pudessem beber água, ao se abaixar Eva escorrega e acaba caindo atrás da cascata da cachoeira, e desmaia, algum tempo depois ela acorda e percebe que está em uma caverna e curiosa começa a percorrê-la, ela vê uma forte luz ao fundo da caverna, e motivada pela curiosidade e enfrentando o medo ela continua. E quanto mais se aproximava mais forte a luz ficava, então Eva atravessa o enorme clarão e se depara com um lindo jardim, com índios em harmonia com o homem branco, negros e judeus, que pareciam ser orquestrados por uma belíssima jovem loira que emanava paz, quando ela se aproximou a emoção tomou conta de Eva, a empatia entre elas foi tão grande que parecia de uma vida toda. Eterna como disse que podia ser chamada, contou que aquele era um mundo onde todos eram tratados da mesma forma, não havia diferenças entre raças, religiões e classes sociais, a apresentou a todos, passaram várias horas juntas, mas Eva percebeu que precisava voltar para casa caso o contrário seus tios ficariam preocupados.
    Eva foi a caminho de Eterna e se despediu:
    _Adeus Eterna, nunca me esquecerei de você!
    _Eva... Eu preciso lhe contar algo: eu sou...
    _É o que Eterna?
    _Eva eu sou sua mãe.
    Eva chorava muito emocionada.
    Então Eterna falou:
    _Filha, sua missão nessa vida é...
    E Eva acorda no meio de uma enorme caverna.

    Aluna: Helena Cabral

    ResponderExcluir
  8. Eva Schneider em o mistério do Lobisomem

    Eva continuava suas aventuras e numa noite vieram a visitas do senhor Lucas e do padre que vieram a sua casa para agradecer a descoberta do caso da Santa da Catuíra.
    _ Nossa essa menina é muito inteligente, eu jamais iria descobrir quem tinha retirado nossa Santa do lugar, temos muito a agradecer.
    Orgulhoso o tio de Eva retrucou:
    - Essa inteligência é de família, imagina, minha irmã era a conselheira da cidade, todas as vizinhas a procuravam quando tinham algum problema e queriam ajuda.
    E a conversa fruiu, e Lucas contador de casos não perdeu tempo e soltou umas história e as crianças estavam alegres e atentas a cada causo e cada cantoria ... e a noite correu... o último causo era sobre Lobisomem, e as crianças ficaram muito curiosas, Eva não acreditava que realmente existisse essas criaturas.
    -a conversa está muito boa, mas temos que ir.
    Eva estava intrigada com a tal história do Lobisomem e combinou com Ceci e Sabu de saírem logo em seguida para ver se encontravam alguma criatura perdida já que era sexta feira e já passava da meia noite.
    Os três amigos partiram assim que seus tios foram dormir. Entraram pela mata adentro cuidadosamente quando logo ouviram um uivo estridente.
    - Nossa Eva o que foi isso. – chorou Sabu, estou ficando com medo.
    - Calma Sabu, foi só um cachorro.
    E o uivo se repetiu e logo em seguida ouviram trotes de cavalos.
    - Está vindo alguém ai, vamos ficar escondidos atrás desta pedra.
    Mas o uivo e o trote pareciam estar atrás das crianças que saíram correndo tentando fugir para casa, mas deram de frente com Lucas e seus amigos que estavam caçando a tal criatura, o Lobisomem.
    - Nossa crianças, o que fazem aqui, estão malucos, venham corram para casa porque o Lobisomem está atrás da gente.
    E saíram disparados para casa só dando tempo de entraram em um galpão e se trancarem rapidamente, a tal criatura corri ao redor do galpão tentando entrar, as crianças choravam, somente Eva estava mais tranquila dizia que era para terem calma e a criatura passava suas unhas na parede, no meio daquele barulhão Lucas soltou um tiro para em direção ao animal que saiu correndo assustado, quando tudo se acalmou, foi que todos puderam ver as marcas das garras na parede além das pegadas no chão.
    -Acho que acertei –o, pois vejam marcas de sangue no chão
    Lucas e seus amigos levaram as crianças para casa, aconselhando aos seus tios que as proibissem de sair de casa nas noites de sexta feira sobe a lua cheia.
    Eva não se conformava por não poder resolver o mistério que envolvia a criatura e a noite de lua cheia de quinta para sexta feira, afinal que cina teria pobre criatura, para sofrer tamanha maldição?
    E ia Eva pensando no caminho quando viu seu Joaquim que vinha tropeçando e gemendo de dor... ela ia perguntar o que houve, mas ele não lhe deu chance, saiu sem sequer cumprimentá-la.
    Esse mistério Eva nunca resolveu, mas que sem duvida o tal Lobisomem tinha alguma coisa haver com o machucado de seu Joaquim , ah, isso sim que tinha!!!!
    Aluna: Julia da Silva

    ResponderExcluir
  9. Eva Schneider em :
    A ajuda do katze

    Em um certo dia tio Albert vio que ia abrir um parque publico Eva falou que queriam ir tio albert deixou eles foram mas onde é ? Saci falou eu sei entao vamos eles foram e na subida de um morro começou um temporal muito forte e eles não conseguiram subir o morro e apareceu katze Eva teve uma ideia katze vai nos levarmos primeiro tio Albert depois Saci depois Sabu depois Eva depois tia matilde eles chegaram ficaram felises parou o temporal e Eva foi brincar eles se divertiram muito muito eles adoraram eles chegaram em casa e foi la dois homens que falavam de lobisomem e Eva foi passear ela e o dois eles viram dois homens cassando era os homens que foram na casa de tio albert eles eram dois ladroes eles viramdois bichos normes que eram lobisomem e correram e foram ate a casa de tio albert eles pediram para observar a casa e nisso eles pegaram uma televisao e correram mas katze pegou os dois e levou ate Eva e Eva amarrou os dois e chamaram a policia a policia chegou e prendeu os dois e disse que Eva no futuro podiam ser grandes policiais. Aluno matheus

    ResponderExcluir
  10. Eva Schneider em: o grito


    Artigas na mata bem longe de sua casa estava chovendo muito, de repente Eva e Artigas ouviram um grito. O cavalo Artigas se assustou e deu um pulo bem auto, Eva caio desmaiada e o cavalo fugiu. Eva ficou por meia hora desacordada. Quando acordou deu de cara com Ceci e Sabú. Eles pegaram Eva secaram ela e levaram para a casa da tia Matilde e do tio Albert. Tio Albert falou -Eva o que aconteceu?
    -É que não faz muito tempo eu e tia Matilde fomos dar uma volta de cavalo na floresta e ouvimos um grito parecia ser de um macaco. Decidi então voltar lá para ver se aquele bicho estava ali de novo e então ele gritou novamente e o Artigas deu um pulo, e me derrubou e fugiu e então Ceci e Sabú me encontraram eme trouxeram para cá .Foi muito assustador, mas preciso voltar lá para buscar o Artigas, vocês vem comigo?
    Quando Eva, tio Albert, tia Matilde, Ceci e Sabú chegaram lá, Artigas estava muito assustado rodeado de macacos. Então os macacos olharam para eles e foram correndo para cima de uma árvore e começaram a gritar Eva falou
    -Eles estão gritando de fome tia Matilde respondeu:
    -Coitados. Vamos dar comida para eles?
    -Pode ser. Mas espera primeiro vamos pegar o Artigas.
    -Ta.
    E lá foram eles pegar o Artigas e depois da comida para os macacos que também estavam com muito frio. Tio Albert falou
    -Por que nós não levamos eles para casa?
    -Mas onde poderemos colocar eles?São muitos!
    -Podemos fazer um galpão,durante o dia eles ficam na mata e depois voltam para comer e dormi. Pode ser?
    -Sim
    E então eles levaram os macacos para casa e viveram todos em harmonia e tranquilidade



    Aluna: Laura Thiesen da Silva

    ResponderExcluir
  11. Eva Schneider em :

    Sofia a nova amiga .


    Em um dia muito bonito , Eva acordou com o sol no seu rosto,desceu para tomar café.
    Eva falou:Bom dia! Tia Matilde falou :Bom dia Eva. Depois que comeram ,Ceci queria
    muito passear .- Vamos passear por favor .Falou Ceci. Eva também queria passear ,
    tia Matilde falou: Tudo bem .Mas tomem cuidado . Então eles foram .
    Então vamos por aquele caminho que nunca fomos. Sabú achou estranho eles não
    terem ido por ali . -Gente olha uma casa. Disse Ceci. Então eles foram até lá.
    Eva viu uma menininha linda com olhos azuis e moreninha .Resolveram entrar lá
    e viram a menina lá perguntaram qual o nome dela:-Meu nome é Sofia. Disse a menina.
    Eva falou:- Tem mais alguém aqui?
    - Sim meu pai .Disse Eva. Sabú falou :Vamos convidar ela para ir lá em casa. Eva falou : Vamos falar com seu pai. Então o pai dela deixou .
    Quando chegaram explicaram tudo para tia Matilde. No final do dia Eva perguntou :-Tia, Sofia poderia dormir aqui? Ela deixou .
    No outro dia resolveram fazer um pequenique no parque e convidaram todas as pessoas da cidade
    E foi muito divertido.

    Aluna :Paula da Cunha Neuhaus.

    ResponderExcluir
  12. Contos da terra- Festa do Colono

    A cidade deve muito aos colonos. Homens e mulheres que vivem da agricultura e tiram da terra seu sustento e fazem girar a economia do município. A importância desta gente sempre foi incomensurável, e julho foi escolhido para homenagiá-los.
    Hoje, a festa do colono é tradicional no calendário municipal.
    Lindas jovens participam todos os anos do concurso para a escola da rainha e princesas. O evento é organizado pela administração municipal que relembra as raízes e o àrdio trabalho no campo dos nossos mais de 60% da população Alfredense.
    Através da lei Federal nº 5.496 de 05 de setembro de 1968, o dia 25 de julho é considerado “Dia do Colono”.

    Aluna: Raissa Luiza Rabelo

    ResponderExcluir
  13. Eva a Caçadora de Bruxa

    Eva estava almoçando com Ceci e Sabú pois seus tios haviam ido trabalhar na roça.
    Então Ava teve uma ideia de ir nos pastos dar uma volta mas seu tio disse
    -Eva não volte darde e cuide coma bruxa Morgana.
    -Ta mas quem é Morgana?
    -Morgana é uma bruxa que roubava crianças para seus rituais satânicos.
    -Ai que medo,eu vou cuidar.
    Então Eva pegou seu cavalo Artigas e foi cavalgar e viu uma criança gritando apavoradamente, pois tinha uma mulher puxando a criança para o mato,mas Eva foi correndo socorre la Eva falou.
    -solte-o agora
    Então ela saio correndo e fugiu para o mata e Eva perguntou para á criança:
    -Você está bem?
    -Sim você sabe quem era aquela mulher?
    -Eu acho que era a Morgana, uma bruxa.
    -Sério! Ui que medo!
    Eva perguntou qual era o seu nome?
    É Luiz.
    Eva pensou e falou a Luiz que iria achar a bruxa. De pois de horas procurando a bruxa ela viu uma casa abandonada e viu a bruxa caída lá dentro da casa ela para a policia local e foi morta por bruxaria , Eva e Luiz ficaram amigos.

    Luiz Fernando Carara

    ResponderExcluir
  14. O desaparecimento de Ceci e Sabú

    Um lindo dia nasce,e nesse dia e comemorado uma data especial é o aniversário de Eva,Ceci e Sabú saem para colher frutos e flores para Eva,eles estão colhendo frutos e flores e do nada vem uma fumaça e eles desmaiam. Eva acorda e vê que Ceci e Sabú não estão no quarto. Ela acha que era uma surpresa por causa do aniversário e ela se arruma e vai para cozinha, tia Matilde e tio Albert aparecem na frente dela dizem
    -Feliz aniversário!
    -Nossa que surpresa! Tia onde esta Ceci e Sabú?
    -Não sei eles já deviam ter voltado!
    -Bem, então vou procura-los!
    Eva vai ao estábulo, pega o seu cavalo e sai para Floresta, procurar eles,muito tempo se passou e ela não encontrava nada até que ela achou uma mensagem escrita no solo que estava molhado por causa da chuva da noite passada.
    “Eva socorro!”
    Ceci
    Eva ficou desesperada e acha umas pegadas, vai correndo contar para seu tio:
    Tio sequestraram Ceci e Sabú !
    Oque?
    Sim tio! Por favor me ajuda! Encontrei umas pegadas perto da caverna!
    Está bem, eu vou pedir ajuda para os moradores. Espere aqui.
    Tio Albert vai correndo para a vila procurar ajuda, Tia Matilde quase desmaia e Eva diz:
    Tia,tenho que ir procurara eles!
    Eva vai corredo para o lugar onde encontrou as pegadas. Ela encontra o lugar e varias pegadas a pé. Encontra um grupo de homens e dois caminhões e também encontra Ceci e Sabú amarrados. Ela vai desamarra-los e um homem aparece atrás dela e diz:
    Ola garotinha!
    Quem e você?um Martinho bugreiro!
    Não sou um traficante de escravos e você vem comigo.
    Então tio Albert aparece e diz:
    Eu acho que não!
    O traficante olha para trás e vê um grupo enorme de moradores. Então eles entregam os traficantes para a polícia e Eva,Ceci e Sabú conseguem comemorar um pouco depois do susto.

    Luiz Henrique Sani

    ResponderExcluir
  15. Eva Schneider em: O Mistério do Nego San


    Eva,Ceci e Sabú acordam com um grito de dor,eles saem correndo para a cozinha e encontram Tia matilda e Tio Albert e perguntam que barulho foi esse Albert responde:
    -Foi o Nego San que fingiu com a vida de mais uma pessoa .Sabú pergunta:
    -Mas quem é esse tal de Nego San .Matilde responde:
    -Nego San mora aqui no barracão ele é um sujeito fora da lei que vive arrumando confusão .Eva diz:
    -Hum então é esse o Nego San que as pessoas estavam falando para tomar cuidado .logo Sabú já anuncia que está vindo uma carroça .Sabú,Ceci e Eva correm para o quarto para se arrumar .Albert diz:
    -É o mensageiro!!!
    As crianças saem correm do quarto para ver oque o mensageiro queria dizer :
    As 6:00h desta tarde nós vamos se reunir na Igreja do Frei para se unir e achar o Nego San .As 6:00 como tinha dito todos estavam lá as 6:30 saíram em busca do sujeito e tanto fez que o acharam .A prisão foi o seu destino .Depois de muito tempo o meliante fugiu sem deixa rastros .Rumores aqui e acolá alertavam que o salafrário estava escondido por essa bandas .o medo rondava .Eva responde:
    -Iria ele se vingar? Todos ficaram com cara de preocupados .Dois dias depois começou a sumir :galinhas ,ovos e até um porco do Tio Albert plantas das hortas de Tia matilde .
    Um dia andando pelas roças ,Eva, Ceci e Sabú acharam uma caverna .caminhando pelo seu interior ,espreitaram uma abertura bem pequena .Passando por ela ,viram que podiam ficar de pé .Lá encontraram restos de comida .Sabú diz:
    -Isso é sinal de sobrevivência .Eles não tiveram dúvidas .ceci diz
    -É o esconderijo do nego San
    Correram para casa para avisar os tios,mas os tios não acreditam .Então levaram eles para ver,chegando lá viram que era verdade .Albert diz:
    -é verdade!!! enrolando seus bigodes volta para casa pega sua carroça e vai avisando todos.
    Todos se reuniram com: paus,inchadas e armas de fogo e foram para caçar o foragido .porem chegando lá a caverna estava vazia visível e,ao seu lado,um toco de vela .Todos foram para casa .Depois de alguns dias estavam dizendo que:
    -O infame assou um porco inteiro com apenas um toco de vela!!!E o local ficou conhecido como a caverna do Nego San .Eva diz:
    -Então o malfeitor teve um final feliz ???Albert diz:
    -Não Eva ele foi para o sul do Brasil e se envolveu em outra briga feia e dessa vez quem morreu foi o Nego San .Cesi diz:
    -Ufa .Finalmente ele não vai mais fazer mal para nimguem.
    Letícia eger boll

    ResponderExcluir
  16. Eva schinaider em
    o terrivel leao africano

    Fazia pouco tempo que eva estava morando naquelas terras. Um dia Eva acorda e resolve convidar Ceci e Sabu para dar um passeio na floresta . Quando estavam caminhando, ouviram um barulho assustador que nunca tinham ouvido antes e como estava escurecendo Eva resolve voltar para casa mas no meio do caminho Eva percebeu que não sabia mais qual era o caminho de volta Eva ficou disisperada e começou a chorar, entao Ceci disse
    Nao chore, vai dar tudo certo , vamos conseguir voltar para casa vamos achar um local apropriado para passarmos essa noite e amanha de manha vamos procurar ajuda . Quando amanheceu Eva , Ceci e Sabu foram procurar ajuda, porem durante o caminho Eva ficou muito cansada e resolveu parar e disse a Ceci e Sabu
    -Sigam em frente e procurem ajuda eu vou ficar aqui estou muito cansada . Eles seguiram e Eva ficou sozinha e escutou um barulho atras dela , era o leão africano ela correu e começou a gritar:
    Socorro!socorro!alguem me ajude tem um leao me perceguindo: Eva achou um cemiterio entrou, viu o tumulo do soudadinho e pediu ajuda .
    De repente ela ouviu um barulho de tiro e olhou para tras o leao estava morto e apareceu o epirito do soldadinho dizendo :
    Minha filha não se preucupe mais ele não vai mais te emcomodar . Entao Eva saiu do semiterio e estava caminhando quando encontrou Tio Albert, Ceci e Sabu . Ela ficou muito feliz ao ver eles novamente . Tio Albert perguntou;
    - Voce esta bem? E Eva conta que encontrou o leão africano e o espirito do soldadinho tinha ajudado ela a se livrar dele . Tio Albert diz;
    - Meu deus Eva , voce deve tomar cuidado com suas aventuras pois voce poderia ter se machucado ou ate mesmo morrido . Eva diz ; agora esta tudo bem , não precisa se preocupar .
    Então foram para casa quando chegaram Tia Matilde estava muito peocupada e pergunta
    se todos estão bem
    -Sim tia . Disse Eva .
    Fim .
    Luana França

    ResponderExcluir
  17. Eav schinaider em a caverna assustadora.

    Num serto dia eva e seus amigos foram brincar de descer canoa pelo morro de suas casas cada um uma vez .Eva seria a primeira a descer depois Cesi e Sabu ,brincaram a tarde inteira já anoitecendo tia Matilde chama as crianças para dentro na hora do jantar tia matilde pergunta:
    e aí crianças se divertiram essa tarde?
    Eas crianças respodenderam que sim .No dia seguinte seu Manuel vai ao sitio de tia matilde e pergunta:
    crianças vamos dar uma volta pela Lomba Alta?
    Eles aceitam ,no caminho encontram muitos homens andando com armas ,enchadas na mão .Seu manuel questiona:o que que esta acontecendo aqui?Um dos homens grita,estamos caçando algum problema.Seu Manuel bravo,sai com a carroça,Eva pergunta a seu Manuel :
    Onde vamos?E Seu Manuel diz que iriam a Lomba Alta para ver uma caverna construida de pedra a pouco tempo.As crianças felises que iam conhecer um lugar novo ficaram perguntando durante a viagem inteira se já estavam chegando e quantas horas faltam. Seu Manuel respondia já esta quase crianças so'mais um pouco aguardem.De repente começa a trovejar e seu Manuel vai ainda mais rapido pois caia muita muita chuva até que chegaram em uma casa para poderem se abrigar, no dia seguinte as crianças e seu Manuel saem cedo para continuar a viagem ,todos anciosos para chegar logo.
    Quando pegam o sentido para a Lomba Alta eva e seus amigos começam a cantar coisas toda hora Seu Manuel pararia em um rio para tomarem agua e daquela descançada .
    seu Manuel fala que já entavam quase chegando,só mais um pouco.
    Olha estamos chegando,as crianças anciosas para irem conhecer essa tal caverna .Quando seu Manuel estacionava a carroça as crianças pulam e riem que iam conhecer esse lugar tão divertido.Brincando Eva cai e machuca o juelho Seci e Sabu vão chamar seu Manuel e ele olha o juelho de Eva depois de horas e horas.SEU Manuel leva as crianças para oconhecer a caverna.
    Quando entram obeservam que tinha muitos morcegos, caveiras ao chão tudo escuro.Seu Manuel sai e dexa as crianças sozinhas Eva,Ceci,e Sabu onvem vozes de homem e fiacs tremendo de medo imaginando coisas da cabeça deles e vão mais para o fundo.De repente Eva senteuam mão em seu ombro quando vira é Ceci que está com a mão em seu ombro.Ouvem passos dentro da caverna e encontram um homem de roupa toda preta Eva pergunta :Quem é o senhor?
    Sou um homem das cavernas há,há,há
    Eva Ceci e Sabu saiem correndo de láe pedem para seu Manuel levar eles em bora.
    No caminho Seu Manuel pergunta:
    Gostaram crianças do passeio?
    E todas elas respondem juntas:
    -Sim,adoremos.
    Raisa Sousa Bardt

    ResponderExcluir
  18. Eva Schneider em: o encontro com a menina misteriosa.

    Era quase 2 horas da manhã, Eva ouviou um barulho estranho e foi ver o que era, uma menina caminhava tremendo de frio, quase caindo no chão. Eva tira o seu casaco e coloca sobre a menina, na casa de Eva tem um fogão a lenha, Eva entra e pede para tia Matilde e tio albert para colocar a menina perto do fogão a lenha.
    Tia Matilde pegou um cobertor e colocou sobre a menina, depois quando a menina já estava aquecida foram dormir. Sabu e Ceci dormiram junto e Eva e a menina dormiram juntas.
    No outro dia Eva, Sabu, Ceci e a menina acordaram, tomaram café e foram brincar,Eva perguntou o nome da menina e ela diz:
    -Por em quanto eu não quero falar o meu nome.
    -Esta bem, vamos fazer alguma coisa disse Ceci.
    -Vamos fazer o que? Pergunta Sabu
    -Vamos andar a cavalo. Disse Eva.
    Lá foram todos andar a cavalo, estavam andando e viram um pássaro de bico comprido, de cor amarela, seu corpo era preto e papo amarelo, Eva, Ceci, Sabu e a menina, observaram e acharam esse pássaro lindo e foram perguntar para o tio Albert que bicho era aquele, tio Albert fala que é um tucano, as crinças tentaram pegar o animal , tentaram, tentaram ate conseguir. Depois de pegar o animal e ver como ele era, soltaram o tucano e perceberam que a menina estava estranha, Eva pergunta o que aconteceu, e a menina diz:
    -O meu nome é Clara, eu não queria falar porque onde eu tinha uns amigos e eles ficavam falando que eu era a clara do ovo e eu ficava com vergonha.
    -Você não precisa ter vergonha da gente.
    Ceci diz:
    -Não vamos zoar de você.
    Sabu pergunta onde esta os pais da Clara.
    Clara fala que ela e seus pais se perderam.
    Eva diz:
    -Então não vamos perder tempo, vamos procurar seus pais.
    La vão eles, e encontram os pais de Clara, eles ficam muito felizes ao se encontrar. Ali Eva, Ceci, Sabu e Clara e sua família vão embora. Eva volta para casa e vai colocar essa aventura no livro que seu pai deixou.

    Bianca Clara Host da Silva

    ResponderExcluir
  19. As aventuras de Eva Schneider em:
    A Inesperada Enchente

    Numa manhã fria de inverno Eva acordou e ouviu uma conversa que vinha da cozinha, era Tia Matilde conversando com Ceci e Sabú que havia nevado na Serra Campo dos Padres, Eva ficou surpresa pois falaram que era raro nevar no barracão.Tomaram café e foram lá ver a neve.Sabú nunca tinha visto a neve e Ceci já viu mas não conseguiu aproveitar.Os dois ficaram encantados, porém desta vez Tia Matilde mandou eles irem bem agasalhados.Eles brincaram muito de jogar bolas de neve um no outro, depois voltaram para casa, tomaram um banho quente e foram dormir.
    Nesta noite choveu muito que derreteu a neve, quandon eles acordaram, Tio Albert gritou apavorado:
    -O rio está transbordando! Eu vou avisar as outras pessoas!
    -Crianças ajudem a ajudar a arrumar as coisas para a água não levar!diz Tia Matilde·
    -Ceci você pega as roupas e coloque-as em cima do ármario e Sabú pegue as panelas de barro e coloque-as na prateleira, enquanto eu vou amarrar nossos bancos e camas no pé da mesa. Diz Eva.
    -Está bem Eva! Falaram Ceci e Sabú
    Ao terminar de arrumar tudo, Tio Albert chegou apavorado e disse:
    -A água está perto da estradinha, vamos ajudar os vizinhos e rápido!
    Eles foram de carroção até a casa do Seu Evaldo, que tinha uma venda no sombrio, era uma venda que vendia de tudo, como alimentos, tecidos sapatos e armas.Eva começou a ajudar recolhendo alguns livros e documentos colocando-os em cima das prateleiras da loja, mas um caiu em sua cabeça, e ela muito curiosa abriu e viu que era uma bíblia escrita em Alemão, colocou em cima da prateleira para mais tarde poder pegá-lo para ler.Continuou ajudando a esposa do Seu Evaldo, Dona Alvina, a arrumar os tecidos no sotão para não molhar, assim como todas as outras mercadorias da loja.
    Eva ficou encantada pelo sotão, imaginando quantas coisas teriam ali em cima e para que eles usavam o sotão.
    Eva saiu para perguntar a Tia Matilde como estava o nível do rio, ela disse que estava chegando na venda, todos foram para o sotão. Eva foi numa janela e viu uma família muito preocupada, ela viu que tinha uma ponte de madeira e do outro lado tinha uma criança, viu que estava chorando muito e sozinha. Eva achou um par de botas de couro, saiu da loja e atravessou a ponte, chegando do outro lado vem uma bomba d'água no rio que levou um pedaço da ponte, Ceci e Sabu jogaram uma corda Eva pegou a criança no colo e ficou se equilibrando na corda, pedindo a Deus para não subir o nível do rio, quando passou pela corda ela olha para o lado e percebe uma bomba d'água vindo e todos correm para a loja, chegando lá bomba d'água tinha passado, devolveu a criança e chamou a família para subir no sotão da loja e ficarem protegidos.
    Após salvar a criança, todos ficaram aliviados.


    Essa foi mais uma das aventuras de
    Eva Schneider

    Aluna: Marcela Iung da Silva

    ResponderExcluir
  20. Eva Schneider em problemas Eva Schneider acordou e ouviu aguns barulhos de madeiras sendo marteladas. Foi ate fora para ver o que era .olhou para o lado de sua casa e viu que outra casa estava sendo construida.Depois que os homens que trabalhavam lá sairam e Eva foi dar uma olhada na construção.Primeiro foi procurar de baixo da casa,e não viu que la havia um buraco e caiu.Ficou presa e nao conseguiu sair.Ceci e Sabu estavão a procura de Eva para brincarem e viram que ela não estava em casa procuraram nas redondesas mas não acharam Eva ouviu passos de Ceci e Sabu e gritou:Socorro! Ceci e Sabu escutaram e foram ajudar.Eva estava com a perna machucada,fez um curativo e teve que ficar na cama por ums dias durante esses dias Ceci e Sabu ficaram com Eva,eles desenharam,contaram historias,piadas diversas outras coisas.
    João Vitor Neuhaus Heinz.

    ResponderExcluir
  21. TExto Carolina Parte I

    Eva Schneider em O Labirinto

    Eva acordou muito animada, ainda mais quando tia Matilde lhe falou que Ceci e Sabú estavam esperando para irem brincar na mata, Ceci olhou para Eva e logo disse:
    -Vamos brincar na mata, Eva.
    Eva, Ceci e Sabú saem a caminho da mata. Quando chegaram na metade do caminho, Sabú caiu no chão, Eva fica nervosa e Ceci fica brava dando bronca:
    -Eu não acredito, você é muito burro.
    -Não fala assim. -Disse Eva
    -Mas estamos perdendo muito tempo, só porque o Sabú caiu no chão. –Falou Ceci.
    Eva ajudou Sabú a se levantar e a andar, Eva e Ceci o levaram para um rio bem perto do lugar onde eles estavam, passaram um pouco de água no machucado e também beberam um pouco de água. Ao chegarem na mata, resolveram brincar de esconde-esconde. Enquanto que Ceci contava, Sabú se escondeu atrás de uma árvore e Eva se escondeu bem mais longe do lugar onde estavam brincando, ela foi andando até que chegou num lugar bem estranho. Eva avistou algo, mas não sabia identificar, então ela entrou e foi andando e percebeu que estava perdida, começou a gritar:
    -Socorro, socorro, socorro!
    Ceci e Sabú ficaram preocupados que não estavam encontrando Eva e Ceci cansada falou:
    -Desisto, não achei Eva.
    -Eva é nossa amiga, não podemos desistir. –Disse Sabú.
    Os dois amigos continuaram a procurar Eva. Ceci viu um lugar grande, ela cutucou Sabú e perguntou:
    - O que é aquilo?
    -Não faço ideia. –Afirmou Sabú.
    -Parece um muro alto. –Falou Ceci.
    Ceci e Sabú foram se aproximando, quando estavam quase entrando, Ceci colocou a mão na frente de Sabú e falou:
    -Não vamos entrar.
    -Porque? Não vejo problema nenhum. –Falou Sabú.
    -Vai que é perigoso. –Disse Ceci.
    - Não tenha medo. Eu vou com você. Respondeu Sabú.
    Eles foram entrando tremendo de medo, cada vez foram andando mais, até que perceberam que tinham se perdido. Eva já tinha andado bastante e também já sabia que estava perdida. Ela começou a olhar ao seu redor e percebeu que estava rodeada de muros altos.
    Tia Matilde e tio Albert estavam preocupados pois as crianças ainda não tinham chegado. Tia Matilde andava de um lado para o outro e tio Albert já estava nervoso, ainda mais vendo tia Matilde andando para lá e para cá. Como estava muito nervoso não conseguiu se aguentar e falou:
    -Pare! Assim você vai causar um buraco no chão.
    -É que eu estou muito nervosa. –Disse tia Matilde.

    ResponderExcluir
  22. Texto Carolina Parte II

    -Não aguento mais tanta demora, vou procurá-las, quem sabe eu as encontro. –Disse tio Albert.
    -Boa ideia. –Falou tia Matilde.
    Tio Albert pegou seu cavalo e saiu cavalgando a procura de Eva, Ceci e Sabú.
    Como Eva já tinha andado um montão, decidiu sentar um pouco, até que pegou no sono.
    Tio Albert avistou um muro alto, não perdeu muito tempo e foi rápido para lá, ele não sabia se entrava ou não, mas decidiu entrar. Quando ele entrou, não sabia direito o que era, mas foi entrando do mesmo jeito e acabou encontrando Ceci e Sabú. Então perguntou:
    - O que vocês estão fazendo aqui? Espera! Onde está Eva?
    - Estamos procurando a Eva. Não sabemos onde ela está. Enquanto brincávamos de esconde-esconde ela desapareceu. - Respondeu Sabú.
    Tio Albert, Ceci e Sabú foram procurar Eva, eles andaram de montão, até que Sabú não aguentou mais e acabou desmaiando de tanta dor na sua perna. Tio Albert não sabia o que fazer e decidiu pegar Sabú no colo e carregá-lo até eles encontrarem Eva. Ceci consegue ver alguém deitado no chão, eles se aproximam e percebem que a pessoa estava dormindo, viraram-na e perceberam que era Eva, deram uma cutucada nela para ver se ela acordava. Eva acorda assustada. Quando Eva acordou, Ceci deu um grito muito alto:
    -Finalmente!
    Eva se assusta e desmaia, tio Albert e Ceci carregam Eva e Sabú, mas eles não sabiam aonde era a saída, por sorte tio Albert percebeu que eles estavam num labirinto e encontrou um mapa, eles conseguiram sair do labirinto e foram rápido para casa. Quando chegaram lá, tia Matilde olhou para Eva e Sabú e logo perguntou:
    -O que aconteceu com eles?
    -Sabú desmaiou de dor e Eva desmaiou de susto.
    Tia Matilde pegou um pouco de água e começou a passar na testa de Eva e Sabú. Sabú acorda primeiro e pergunta:
    -O que aconteceu?
    Eva acorda e faz a mesma pergunta. Tio Albert dá um sorrisinho e Ceci responde:
    -Vocês não fazem ideia!

    ResponderExcluir
  23. Eva Schineider em:
    A festa de São João

    Era dia de São João Eva mal podia esperar para sua primeira noite.Eva queria ir bem arrumada mas ela não sabia o que vestir então chamos Ceci e Sabú. Eva pergunta:
    - Ceci Sabú venham me ajudar para escolher um vestido para a festa! Por favor?
    Então Ceci e Sabú respondem:
    - Sim Eva nós vamos te ajudar!
    E foram eles ajudar a Eva para escolher o vestido para a festa de São João,Ceci escolheu o rosa com bolinhas pretas, e Eva escolheu o roxo com bolinhas pretas. Mas elas estavam em dúvida sobre qual vestido usar.Então elas pegaram os vestidos e saíram de casa para uma floresta.
    Depois de terem andado muito elas ficaram cansadas, não tinham nada para tomar.
    Viram um homem passar e perguntaram a ele.
    - Moço você sabe onde tem água para tomar-mos?
    E o moço respondeu:
    - Sim vocês peguem esse mapa para olhar os lugares.
    Então la foram eles procurar água.Depois de terem achado a água para tomarem, andaram mais um pouco, acharam um moço e perguntaram.
    - Moço você sabe que vestido a Eva pode usar?
    O moço respondeu:
    - Desculpe! Não posso ajudar vocês , mas eu sei alguém que possa. Estão vendo aquela casa lá do outro lado? Então lá tem uma pessoa que pode ajudar vocês!
    Ao chegarem naquela casa, perguntaram para a moça:
    - Você pode nos ajudar para ver qual vestido a Eva pode usar?
    E a moça respondeu:
    - Eu acho o azul mais bonito!
    Depois de voltarem para a casa eles acharam a tia e perguntaram:
    -Tia você sabe qual vestido Eva pode usar?
    E a Tia respondeu:
    - Eu escolho o azul!
    Então eles viram seu Tio e perguntaram a ele:
    - Tio que vestido é o mais bonito para a Eva usar?
    O Tio respondeu:
    - Eu acho o azul mais bonito!
    Então chegou a hora da festa e a Eva já estava pronta. Eva se divertiu muito naquela noite e depois Eva foi dormir.

    ResponderExcluir
  24. Eva schneider em:

    O macaquinho perdido.

    Tinha pouco tempo que Eva havia ganho um macaquinho, ela montou um lugar bem legal para ele ficar. Todos os dias durante 2 messes ela ia dar comida e brincar com o macaquinho, só que um dia um homem chamado Jucelor foi conversar com tio Albert e quando ele estava saindo que trazia o macaquinho para brincar e seu Jucelor viu e quis se esconder para que Eva não o visse a segindo mas do mesmo jeito Eva o viu. Quando ele levou a mardida de um dos cachorros de tio Albert e deu tudo errado para seu Jucelor, Eva ficou muito brava e falou:
    – Ei senhor, oque você estava fazendo aqui?
    – Eu estava vendo se não tinha nenhum bicho por aqui.
    Mais Eva não muito contente com a resposta foi com o macaquinho direto para casa, pois iria contar a tia Matilde e para Ceci e Sabú que teriam uma ótima idéia. Mas desta vez eles não tinha nenhuma idéia, então Eva resolveu que o macaquinho iria dormir com ela por alguns dias. Esses dias foram passando e, um dia ouviram um estouro e Eva falou :
    – O que foi isso Ceci?
    Ceci não sabia também o que seria aquele estouro, Sabú pensou bem e disse:
    – Será que não é aquele homem, que estava falando com tio Albert?
    – Mas oque ele estaria fazendo aqui?
    E lá vai mais um estouro,Ceci pensa- Ahhh, será que ele está matando os cabritinhos?- e, nessa hora, Eva diz:
    – Cade o macaquinho? Vamos Ceci, vamos Sabú!
    Quando chegam , olham que o macaquinho não estava ali, e lá na frente eles viram seu Jucelor com o macaquinho desmaiado. Eva entra em casa e diz para tio Albert:
    – Sabe aquele seu Jucelor, ele roubou meu macaquinho!
    Tia Matilde entra na sala e fala para Eva:
    – Eva você não tem como provar.
    – Tenho sim. Quando eu estava levando o meu macaquinho para casinha dele, um dos cachorros de tio Albert pulou o cercado e começou a seguir seu Jucelor, vendo que ele estava me seguindo deu-lhe uma mordida e ele começou a gritar, aí eu voltei para casa com o macaquinho.
    Depois de ter falado tudo isso tio Albert não teve duvidas, falou para Eva que iria dizer a policia. Dias e mais dias se passaram, e nada do seu Jucelor, até que um dia Eva disse:
    – Gente, quando o cachorro mordeu seu Jucelor, pegou um pedaço de sua roupa! Então é só nós irmos caçar seu Jucelor.
    – Mais como Eva?-disse Ceci.
    – È só a gente pegar esse pedaço de roupa e pedir para o cachorro cheirar, e dizer para ele ir atrás do seu Jucelor.
    Todos aceitaram, e lá foram eles atrás do seu Jucelor. Demoraram dias e horas para encontrar, mais em fim encontraram. Tio Albert e seu Jucelor se meteram numa briga muito feia, mais Eva muito esperta pegou o macaquinho e chamou a policia enquanto estavam brigando, e quando a policia chegou, prendeu seu Jucelor, Eva ficou contente por recuperar o macaquinho, e quanto ao seu Jucelor não vai sair da prisão tão cedo.

    Aluna Ana Julia Berger Schutz

    ResponderExcluir
  25. Rafaela parte I

    Eva Schneider em: As cavernas.
    Em uma manhã de domingo, Eva, Ceci e Sabú estavam brincando no quintal de casa. Eva sempre quis conhecer um pouco mais as redondezas de Barracão, pois fazia apenas nove meses que tinha chegado de sua cidade de Hildenberg (Alemanha).Ceci e Sabú como eram bugres e conheciam bem todos os cantinhos da floresta de Barracão, iam com Eva , que sempre gostou de uma boa aventura, tiveram a ideia de ir em busca de cavernas. Pediram para o tio Albert que estava com seu amigo Valdoni tomando um chimarrão, Eva muito educada cumprimentou seu Valdoni:
    -Olá seu Valdoni! Como vai o senhor?
    Seu Valdoni responde:
    -Eu estou muito bem Eva! Mas ouvi falar que vocês querem se aventurar procurando as cavernas?
    -Sim, sim! Adoraríamos nos aventurar hoje!
    -Pois, eu conheço muito bem essas redondezas, eu posso ser um guia de vocês até chegar lá nas cavernas!
    -Claro! Só falta o tio Albert deixar agente ir! -Então Albert, vai deixar as crianças irem comigo em busca das cavernas? -Está bem! Mas tomem cuidado! Já que sua tia não está eu vou falar por ela, levem um casaco e uma mochila com água e comida! E assim foram, por longas horas ficaram andando, até que chegaram em uma porteira seu Valdoni que sempre andou por aquelas bandas lhes explicavam como eram as cavernas e que eles precisariam subir um peral. Eva, Ceci e Sabú não se espantaram, porque já estão bem acostumados com esse tipo de aventura. Passaram por uma casa construída em estilo enxaimel, caminharam por mais um tempo até que chegaram em um carreiro, seu Valdoni vai primeiro, Eva vai atrás, Ceci vai depois e Sabú fica por último. Seu Valdoni já alerta: - Crianças, cuidem onde vocês irão pisar e também cuidem que mais pra cima terá muitos espinhos! - Sim, seu Valdoni teremos cuidado! Assim então Eva, seu Valdoni, Ceci e Sabú começaram á andar pelo mato. Seu Valdoni com seu facão vai abrindo caminho para eles passarem. Até que chegaram em uma estradinha de chão, e pararam para descansar um pouco, jogaram uma água no rosto, pois estavam perto de um córrego, andaram mais um pouco pela estradinha de chão que já estava começando á ter uns matinhos no caminho. Andaram, andaram, chegaram novamente em um carreirinho, entraram e começaram a subir o peral, a mata ficava cada vez mais densa e cheia de espinhos, mas mesmo assim continuaram subindo. Até que seu Valdoni avista uma das cavernas, e logo grita: - Crianças, estamos chegando!

    ResponderExcluir
  26. Rafaela parte II
    Eva, Ceci e Sabú ficaram super felizes, porque estavam muito cansados, chegaram, seu Valdoni entrou primeiro com a lanterna ligada, deu á mão para Eva subir, depois Ceci e Sabú subiram e logo avistaram os morcegos. Seu Valdoni explicou toda a história da caverna, subiram na caverna de cima e logo já desceram, voltaram e desceram o perau de volta para casa. Logo que chegaram no córrego pararam para tomar água, e depois de algumas horas estavam em casa, seu Valdoni logo disse: - Essas crianças são bem aventureiras! Bem já vou indo, tchau pra vocês! Então seu Valdoni pega sua carroça e sai, Eva, Ceci e Sabú contam toda a aventra o tio Albert tomam banho, jantam e logo vão dormir.

    ResponderExcluir