sexta-feira, julho 13, 2012

A dabiliu


Já dizia o poeta

Alfredo Wagner que eu adoro tanto
Cheia de flores, cheia de encantos
Ninguém compreende a grande dor que sente
Um Filho ausente a suspirar por ti.

Faço minhas as suas palavras. Como que um pedacinho de terra entre as montanhas pode fazer tanta falta?

Entre a serra e o mar, se abre uma fenda, e lá nasce uma vila, que se torna uma cidade, rica em belezas naturais, em cultura e trejeitos europeus.
Minha cidade, cidade de senhoras que são amigas de infância,
de namoro na pracinha, de cavalgadas, vizinhos se visitando e todo aquele tititi.
Cidade que lembra as coisas boas do passado, mas não fica parada no tempo.
São os laços de afeto, as marcas de nossas vida, as lembranças.
O Silva Jardim, a Aguás Frias street
Tudo o que me fez, tudo o que me faz bem.
Minha AW.

Carol Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário