quinta-feira, março 21, 2019

Histórias da nossa gente - De que lugar na Alemanha vieram os alemães que colonizaram nossa região?



A pergunta do título é recorrente, pois geralmente, quando indagados os descendentes de alemães não sabem dizer ao certo de onde seus antepassados vieram e muitos não conseguem nos explicar nem mesmo as razões que fizeram seus antepassados cruzarem o oceano para tentarem a vida por aqui. Através deste texto vamos tentar responder algumas dessas dúvidas.
De que lugar na Alemanha vieram a maioria dos alemães que colonizaram nossa região? Por qual motivo eles saíram de seu país?
A bibliografia existente sobre o tema nos dá algumas pistas sobre as razões que fizeram esses imigrantes chegarem por aqui: escassez de terras, problemas com produtividade, a chamada dança das fronteiras, o estimulo do governo brasileiro e outras razões que não debateremos nesse artigo, foram os principais motivos que incitaram a migração desses alemães para o Brasil. Mas de onde essa gente veio? De quais cidades possivelmente partiram alguns de nossos antepassados?

O Hunsrückish, dialeto alemão falado por boa parte dos alemães que colonizaram essa região - e que basearam suas atividades na agricultura familiar - nos dá alguma ideia sobre o local de onde eles vieram: Hunsrück é a região do sul da Alemanha onde esse dialeto se originou. É uma serra de montanhas baixas, cercada pelos vales do Rio Mosel ao norte e do Rio Nahe ao sul. A região é muito pedregosa e sendo assim muito difícil para a prática da agricultura, o clima, com invernos rigorosos também dificultava a vida de quem precisava tirar da terra a base para sua sobrevivência.
Cidades como Koblenz, Trier, Treis-Karden e outras foram o ponto de partida de muitos desses imigrantes que buscavam encontrar no Brasil melhores condições de vida. A propaganda era boa: terras férteis e em fartura. Pelos registros encontrados se comprova que esses imigrantes vieram para o Brasil partindo dos portos de Bremen, Hamburgo e por alguns portos da Holanda.
Os imigrantes foram para os Estados unidos, Brasil, Argentina e outros países distantes. Fugiam da pobreza e da perseguição política. Aqueles que vieram para a nossa região enfrentaram matas fechadas, feras e índios. Muitas das promessas não foram cumpridas. Mas desbravaram o sertão, enfrentaram as distâncias e a solidão. Amainaram o solo e produziram as riquezas que permitiram implantar a nossas cidades e comunidades.

Informações adicionais: O idioma alemão, conhecido Hochdeutsch (Alemão gramatical ou Alto-alemão), tal qual é conhecido hoje, só se tornou oficial após a unificação da Alemanha em 1871. Até então era apenas uma língua literária, a língua usada por Lutero para traduzir a bíblia do latim para o alemão.
O Hunsrückisch, juntamente com o Pommersch e o Plautdietsch, são os dialetos alemães com o maior número de falantes no Brasil.
Curiosidade: A Tradução do nome seria algo como: costela de cachorro – Huns – Cachorro e Rück – Costela.

De regiões próximas do Hunsrück, como Eifel e Sarre também vieram muitos imigrantes para a nossa região



Colaboração: Daniel Schmitt

Nenhum comentário:

Postar um comentário